Sucinta Crítica - Melhor visualizado no Internet Explorer

Assinar
Postagens [Atom]

 

terça-feira, 22 de novembro de 2011

O Mistério de Natalee Holloway





Salve-se quem puder! O Mistério de Natalee Holloway (Natalee Holloway) é uma das maiores bombas dos últimos anos. Piadinhas infames a parte, o filme traz tudo de pior que pode haver, exceto pelo argumento, mas que de nada adianta se as outras partes não se encaixam.


Baseado em fatos reais, a trama gira em torno de Natalee Holloway, que, após uma viagem de formatura para Arruda, é sequestrada e, desde então, não tem se tem mais notícias da garota. A partir daí chega mãe, pai, padrasto, imprensa, polícia e etc. na tentativa de obter respostas.


Com uma história envolvente, o resultado tinha tudo para ser, no mínimo, satisfatório, mas nem isso acontece. A película dirigida por Mikael Salomon começa por mostrar, de maneira frustrada, a rotina de Natalee e suas amigas, em cenas de dar inveja a qualquer filme de Hannah Montana. Um equívoco enorme.


O pior fica por conta da mãe, Beth Holloway-Twitty (Tracy Pollan), e sua tentativa de encontrar a filha. Juro que li na capa do DVD que a atuação dela era digna de elogios. Na mesma hora pensei que havia alugado o filme errado, mas não, era a mesmo Tracy Pollan, fazendo um desserviço enorme ao cinema, em cenas de dar pena...ao telespectador. Tracy tem uma atuação muito abaixo da média, mas ainda sim anos luz a frente do elenco secundário.


Ainda vale citar a desenfreada e irritante choradeira da personagem Beth Holloway-Twitty, os diálogos medíocres e monólogos de Tracy Pollan, no melhor estilo novela das nove. Um festival de erros. Não preciso nem comentar a direção amadora de Mikael Salomon, que evidentemente é uma afronta ao bom gosto.

Marcadores: , ,

9 Comentários:

Blogger Erica dos Santos disse...

As palavras acima não devem ser de alguém que tenha filho(s). E não imagina a dor da perda. E se isso acontecesse, veria mais fel na vida do que está vendo agora.

27 de janeiro de 2013 02:08  
Blogger Erica dos Santos disse...

Ou melhor, sentiria.

27 de janeiro de 2013 02:15  
Anonymous Anônimo disse...

O correto é ARUBA e não Arruda.

10 de março de 2013 17:46  
Anonymous Anônimo disse...

É bem melhor do que a maioria dos filmes brasileiros...

14 de outubro de 2013 16:16  
Anonymous Anônimo disse...

A questão aqui não é diálogo amigo, o filme é baseado em fatos reais, se você quer criticar filmes saiba pelo menos achar motivos para isso. Mais em fim, não vou me prestar ao papel de dialogar nisso que você chama de blog, espero que você nunca passe o que essa mãe passou. Que Deus te ilumine.

27 de outubro de 2014 05:25  
Blogger Unknown disse...

nossa!quantacritica,vc faria melhor,pois eu na vi nada que me desagradace

9 de outubro de 2016 20:33  
Blogger Unknown disse...

Concordo péssimo filme gente desaparece sempre mas basta ser americana Rica patricinha e vem imprensa mobilização Internacional brasileiros como sempre comovidos e adivinha a família escreve um livro e vende os direitos para um filme muito mal feito mas por causa dos fatos reais os nobres brasileiros e muita gente no mundo acha que não pode ver o defeito. Estão pouco se ligando para as milhares de mães brasileiras que perdem seus filhos e infelizmente não podem e não tem condições financeiras de fazer o que fez essa mãe Rica ai mas é daí ninguém pode criticar o filme da mãe Rica que ficou mais Rica ainda com o sumiço da filha mas podem nem ligar para a mães que perdem filhos no Brasil. Povo brasileiro como sempre colocando tudo e todos acima do que é seu e depois não sabem pq moramos em 3° mundo. Na crítica concordo filme muito muito ruim atriz péssima atores péssimos não consegui nem terminar de tão ruim fui a Internet para achar o spoiler do fim quando achei esse blog

28 de dezembro de 2016 03:30  
Blogger Henrique Alvares disse...

Concordo péssimo filme gente desaparece sempre mas basta ser americana Rica patricinha e vem imprensa mobilização Internacional brasileiros como sempre comovidos e adivinha a família escreve um livro e vende os direitos para um filme muito mal feito mas por causa dos fatos reais os nobres brasileiros e muita gente no mundo acha que não pode ver o defeito. Estão pouco se ligando para as milhares de mães brasileiras que perdem seus filhos e infelizmente não podem e não tem condições financeiras de fazer o que fez essa mãe Rica ai mas é daí ninguém pode criticar o filme da mãe Rica que ficou mais Rica ainda com o sumiço da filha mas podem nem ligar para a mães que perdem filhos no Brasil. Povo brasileiro como sempre colocando tudo e todos acima do que é seu e depois não sabem pq moramos em 3° mundo. Na crítica concordo filme muito muito ruim atriz péssima atores péssimos não consegui nem terminar de tão ruim fui a Internet para achar o spoiler do fim quando achei esse blog

28 de dezembro de 2016 03:32  
Anonymous Anônimo disse...

Lixo... Sua crítica é uma bosta!
Sem argumentos convincentes e irracional.

28 de dezembro de 2016 10:40  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial